5 sinais que seu escritório de advocacia precisa de um software jurídico

O software jurídico existe há mais de 10 anos! Apesar de longa data, nem todos os escritórios de advocacia investiram nessa tecnologia fundamental que promete modernizar a gestão e os processos internos.

A grande verdade é que tanto os escritórios como os advogados empreendedores não podem mais abrir mão de um programa jurídico. A ferramenta é essencial para a produtividade e também serve como diferencial em um mercado tão competitivo como o do Direito. Já falamos sobre esse assunto em outro artigo, lembram?

Alguns indícios em seu dia a dia de trabalho, inclusive, podem revelar a necessidade de investir em um software jurídico. Para facilitar, listamos cinco sinais de que essa é a hora de apostar na tecnologia. Apontamos também como o sistema pode solucionar cada um deles.

1º Fluxo de trabalho desorganizado

As tarefas não estão sendo executadas dentro do prazo? Isso é sinal de que o fluxo de trabalho não está otimizado como deveria, revelando, assim, uma falha na gestão de processos. Um bom fluxo é aquele em que você controla as tarefas de todos os advogados. Cada um sabe o que e quando fazer.

Se os profissionais estão perdidos na execução das atividades ou existem dificuldades para elencar a ordem de prioridades, o alerta amarelo está aceso. O seu escritório deveria investir em ferramentas para organizar a execução das tarefas: quem faz o que e quando deve entregar.

Solução: Com o software jurídico, você delega as tarefas e ainda acompanha e execução. É possível organizá-las por ordem de prioridade e focar nas etapas que estejam demandando mais esforços. Além disso, os programas também contam com agendas para você consultar, por dia e hora, todos os compromissos.

2º Dificuldades em encontrar as informações dos processos

Se você ou os outros advogados da sua equipe gastam muito tempo para consultar as atualizações dos processos, é hora de pedir ajuda da tecnologia. Os programas jurídicos fazem, de forma automática, toda essa busca.

Solução: O sistema pesquisa, exibe prazos, partes, tipos de ações e ainda sugere título para cada um dos processos. Tudo isso para sua rotina ficar mais fácil.

O iProcessum, por exemplo, verifica diariamente mais de 200 Diários Oficiais Eletrônicos de Justiça e importa as publicações com os nomes dos usuários advogados. Você não precisará mais inserir os andamentos recebidos do seu informador jurídico (notas de expediente). Sorte a sua – e também do seu escritório, que poderá se dedicar às tarefas que realmente importam.

3º Comunicação com o cliente

Certamente você já deve ter passado pela seguinte situação: está jantando com sua família e o celular toca. Mais um dos seus clientes querendo saber de novidades em seu processo. Super pertinente, afinal cada um deles vive uma angústia até o problema ser solucionado. É por isso que os softwares jurídicos criaram a funcionalidade área do cliente.

Solução: Toda novidade sobre o processo pode ser consultada no sistema. No caso do iProcessum, as atualizações são enviadas diretamente para o e-mail do cliente. Assim, a relação fica muito mais transparente e vocês não precisam se falar todo tempo.

E tem mais! No software, você pode organizar todas as informações de atendimento: histórico, envio de documentos, reuniões, andamento de processos, dentre outras. Esses dados ficam registrados em nuvem e você não perde muito tempo organizando tudo quando for se encontrar com seu cliente.

4º Queda no número de clientes e no faturamento

Se você tem notado uma queda brusca no número de clientes, é preciso ligar o sinal de alerta. Perdê-los pode ser um indício de algum erro no atendimento e fidelização. Afinal de contas, a clientela é peça fundamental do seu escritório.

Solução: Com o software jurídico, é possível controlar seus atendimentos, otimizar sua rotina e gerenciar os processos internos de forma que fique mais fácil e simples prestar um atendimento de qualidade.

5º Perda de prazos

Cumprir os prazos é fundamental para garantir um serviço de excelência. Do contrário, não cumpri-los é algo quase imperdoável para os advogados. Se isso ocorre com frequência no seu escritório, é preciso otimizar a gestão jurídica. Isso pode ser feito por meio de planilhas ou outras ferramentas presentes em dispositivos móveis.

Solução: Com um painel gráfico simples e intuitivo, as tarefas são organizadas de maneira prática, auxiliando a identificar todos os problemas na execução e progresso de atividades por parte de membros ou equipes. Seu escritório apresenta mais de um desses sinais? É hora de apostar no software jurídico! Que tal conhecer o iProcessum?

No próximo artigo, queremos mostrá-lo(a), por meio de uma análise comparativa, todas as vantagens do software jurídico em relação às planilhas. Acompanhem!

Deixe um comentário

Bitnami